Ataque a vilarejo nigeriano deixa ao menos 18 mortos, diz a polícia

Pelo menos 18 pessoas foram mortas quando homens armados atacaram durante a noite um vilarejo no Estado de Kaduna, no norte da Nigéria, disse um porta-voz da polícia nesta terça-feira, no mais recente ataque da onda de violência que vem abalando o país mais populoso da África.

REUTERS

24 de junho de 2014 | 15h22

Os homens invadiram o vilarejo na área de Sanga, na parte sul do Estado, disse à Reuters o porta-voz da polícia local, Aminu Lawan.

(Reportagem da redação na Nigéria, reportagem adicional de Isaac Abrak)

Tudo o que sabemos sobre:
NIGERIAVILAREJOATAQUE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.