Ataque a xiitas mata ao menos 31 pessoas no Iraque

Ao menos 31 pessoas morreram em um ataque em um comício de um grupo xiita em Bagdá nesta sexta-feira. De acordo com autoridades locais, além das vítimas fatais, mais de 30 pessoas ficaram feridas no evento da organização Asaib Ahl al-Haq, que estava sendo realizado em um estádio esportivo.

AE, Agência Estado

25 de abril de 2014 | 16h45

A autoria do ataque foi assumida pelo grupo Estado Islâmico do Iraque e do Levante, dissidente da Al-Qaeda. Por meio de uma declaração publicada em seu site, o grupo rebelde afirmou que o objetivo das explosões era vingar o assassinato de sunitas por milícias xiitas. A autenticidade da declaração não pôde ser comprovada. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Iraqueviolênciaal-Qaedamuçulmanos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.