Ataque aéreo atinge depósito de comida na Líbia

Um ataque aéreo atingiu um depósito de comida no oeste da Líbia esta terça-feira, matando quatro pessoas e ferindo outras 15. O ataque foi realizado pelas forças de Khalifa Hifter, ex-general do exército que lidera uma ofensiva a grupos extremistas islâmicos no país.

Estadão Conteúdo

02 de dezembro de 2014 | 17h58

De acordo com Hafez Moammar, porta-voz do corpo de segurança da cidade de Zwara, a 110 quilômetros de Trípoli, o bombardeio atingiu um depósito de comida, assim como uma indústria química. Três das vítimas eram estrangeiras, mas Moammar não informou mais detalhes.

O porta-voz das forças de Hifter, Mohammed Hegazi, disse que os alvos atingidos abrigavam armas, e não comida. Ele afirmou que o grupo enviou um alerta às milícias contra o uso dos portos e aeroportos para o transporte de armas, munição e soldados.

Hifter se aliou ao governo eleito da Líbia na luta contra os grupos extremistas em 15 de outubro. Desde que milícias tomaram a capital Tripoli em agosto, o governo eleito do país foi obrigado a se agrupar no leste da Líbia. Já se passam três anos desde que o país tirou Muamar Kadafi do poder, e a nação ainda luta para conter as milícias que surgiram durante e depois a luta pela derrubada do ditador.

Nos últimos meses, confrontos entre os rebeldes e forças aliadas ao governo afugentaram diplomatas e estrangeiros, assim como forçaram centenas de milhares de pessoas a deixar suas casas. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Líbiaataque aéreo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.