Ataque aéreo de Israel deixa um morto e feridos na Faixa de Gaza

Ataque aéreo de Israel deixa um morto e feridos na Faixa de Gaza

Exército israelense afirmou que ação foi em resposta à lançamento de foguetes por parte dos palestinos

Redação, O Estado de S.Paulo

02 de novembro de 2019 | 04h19

JERUSALÉM - Um palestino de 27 anos morreu neste sábado, 2, depois de ataques aéreos israelenses contra a Faixa de Gaza. O exército de Israel disse que agiu em retaliação ao lançamento de foguetes por parte do Hamas. As autoridades palestinas informaram que duas pessoas se feriram. 

O exército israelense afirmou ter atingido "numerosos alvos terroristas do Hamas na Faixa de Gaza", incluindo um complexo naval, um complexo militar e uma fábrica de armas.

Nenhum dos grupos armados em Gaza assumiu a responsabilidade de disparar os foguetes. Os militares israelenses disseram que o Hamas foi o principal responsável pelo ataque.

Explosões foram ouvidas em toda a Faixa de Gaza, de acordo com correspondentes da agência AFP. Uma fonte do Hamas disse que o movimento islâmico abriu fogo contra um avião israelense que realizou os ataques. O exército israelense confirmou no sábado mais tiros da Faixa de Gaza. 

Os atentados foram realizados em resposta a disparos de foguetes vindos do lado palestino na noite de sexta-feira. O exército israelense disse em várias declarações que pelo menos dez foguetes foram lançados da Faixa de Gaza contra o sul de Israel, a maioria dos quais foi interceptada pelo sistema israelense de defesa antimísseis.

Os projéteis caíram no setor da cidade de Sderot, na fronteira com a Faixa de Gaza. Um deles chegou a atingir uma casa sem causar danos ou ferimentos, informou a polícia em comunicado. O exército divulgou uma foto da casa danificada no Twitter. "Essa casa de família no sul de Israel foi atingida por um foguete lançado de Gaza", diz a legenda. 

Em agosto e setembro houve uma série de disparos de foguetes de Gaza e a consequente resposta de Israel, bem como confrontos ao longo da barreira que separa palestinos e israelenses. / AFP e Reuters. 

Tudo o que sabemos sobre:
HamasIsrael [Ásia]Palestina [Ásia]

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.