Ataque aéreo do governo mata 12 em escola na Síria

Um ataque do governo atingiu neste domingo uma escola em uma cidade controlada por grupos rebeldes no norte da Síria, matando pelo menos 12 pessoas, a maioria delas estudantes, afirmou o Observatório Sírio para Direitos Humanos.

Agência Estado

29 Setembro 2013 | 10h36

O ataque foi realizado na cidade de Raqqa, que está localizada no Rio Eufrates e é a única capital de província sob controle rebelde na guerra civil síria, disse o observatório.

O regime do presidente Bashar Assad utiliza amplamente sua força área para atacar áreas controladas pela oposição, incluindo Raqqa.

O ataque parece ter atingido o jardim na frente da escola neste domingo, que marca o primeiro dia da semana de trabalho em escolas públicas na Síria.

O diretor do observatório, Rami Abdul-Rahman, disse que pelo menos oito dos mortos eram estudantes e que o número de vítimas poderá aumentar porque muitas delas estão com ferimentos graves.

Vídeos amadores postados na Internet mostraram pelo menos nove corpos. Outros vídeos exibiram imagens de poças de sangue no chão e de uma parede de blocos de concreto destruída no bombardeio. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Síriaviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.