Ataque aéreo dos EUA mata 6 em área tribal do Paquistão

Em 2011, houve cerca de 40 ataques de aviões espiões dos EUA nas áreas tribais paquistanesas

Efe,

06 de julho de 2011 | 04h23

ISLAMABAD - Pelo menos seis pessoas morreram e outras cinco ficaram feridas em um novo ataque com mísseis de aviões não tripulados dos Estados Unidos nas áreas tribais do Paquistão (oeste do país), informou nesta quarta-feira, 6, a imprensa paquistanesa.

 

Segundo a emissora Express Tv, o ataque ocorreu na noite de terça-feira, 5, na zona de Mir Ali, situada na demarcação tribal do Waziristão do Norte, uma das mais afetadas pelos ataques destes aviões.

 

O Waziristão do Norte é um reduto de redes jihadistas e facções talibãs paquistanesas e afegãs, e os EUA pressionam o Paquistão há quase um ano para que o país asiático lance uma operação militar na demarcação.

 

Em 2011, houve em torno de 40 ataques de aviões espiões dos EUA nas áreas tribais paquistanesas, o que representa uma queda sobre os dados do ano passado.

 

Estados Unidos e Paquistão vêm trocando farpas há uma semana com relação ao uso da base de Shamsi, na província paquistanesa do Baluchistão, desde a qual supostamente saem os aviões, depois que Islamabad pediu a retirada das tropas americanas do local.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.