Ataque aéreo dos EUA mata 7 militantes no Paquistão

Um ataque com mísseis disparados pelos Estados Unidos matou hoje sete militantes no Paquistão, em uma região tribal onde não são comuns essas ações, segundo funcionários da inteligência paquistanesa. As fontes, pedindo anonimato, disseram que os mísseis atingiram um veículo na área de Spin Drand, no Passo de Khyber, perto da fronteira com o Afeganistão.

AE, Agência Estado

16 de dezembro de 2010 | 11h29

Mais de cem ataques com mísseis, disparados de aviões não tripulados, atingiram a região fronteiriça do Paquistão este ano. Quase todos os alvos ficam no Waziristão do Norte, uma área tribal sob controle do Taleban e da Al-Qaeda. Os EUA não costumam comentar o programa de ataques com mísseis, liderado pela CIA. O Paquistão protesta oficialmente contra essas ações, mas existe a suspeita de que o governo local as auxilie em segredo. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
PaquistãoEUAataque aéreo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.