Ataque aéreo dos EUA mata 9 rebeldes no Paquistão

Mísseis lançados por avião não tripulado foram apontados para núcleo do Taleban

Efe

08 de julho de 2009 | 04h39

Pelo menos nove supostos insurgentes morreram e outros cinco ficaram feridos em um novo ataque com mísseis, feito nesta quarta-feira, 8, por um avião não tripulado americano, no reduto do líder dos talebans no Paquistão, Baitulá Mehsud.

 

Veja também:

linkTaleban compra crianças para missões suicidas

 

Segundo o canal "Geo TV", que não cita suas fontes, dois mísseis atingiram um campo de treinamento dos fundamentalistas na conflituosa região tribal do Waziristão do Sul, na fronteira com o Afeganistão.

 

Uma fonte oficial, citada pelo canal "Dawn", assegurou que o avião teria lançado até seis mísseis contra alvos insurgentes.

 

O Exército paquistanês empreendeu uma operação neste distrito contra o líder taleban e sua rede, responsável pela maioria dos atentados cometidos recentemente no Paquistão.

 

Os ataques com aviões espiões dos Estados Unidos são frequentes no cinturão tribal paquistanês, especialmente nas demarcações no Waziristão do Norte e do Sul, onde têm seu refúgio vários membros da rede terrorista Al Qaeda.

Tudo o que sabemos sobre:
PaquistãoTalebanIslamabad

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.