Ataque aéreo dos EUA mata ao menos 50 em região que abriga campo da Al-Qaeda

Um ataque americano contra radicais islâmicos realizado por um avião não tripulado matou pelo menos 50 pessoas no sul do Iêmen na quinta-feira, informaram ontem fontes ligadas às forças de segurança iemenitas. Washington, no entanto, disse que o ataque foi realizado por aeronaves comuns e matou apenas nove combatentes. De acordo com fontes iemenitas, citadas pela CNN, o ataque teve como alvo uma delegacia de polícia que tinha sido tomada por insurgentes da Al-Qaeda na cidade de Wathee, na Província de Abyan. Pelo menos sete veículos dos insurgentes foram destruídos. Aeronaves não tripuladas têm sobrevoado a região nos últimos dias e mais ataques são esperados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.