Ataque aéreo israelense mata dirigente do Hamas

Lo´ai al-Burno, de 32 anos, dirigente do Movimento de Resistência Islâmica (Hamas) morreu neste sábado, na cidade de Gaza, quando seu carro foi atingido por um míssil israelense lançado por um avião israelense. O palestino era um dos comandante das brigadas Qassam, conhecido como especialista na fabricação dos foguetes que o Hamas lança contra os judeus que vivem nas imediações de Gaza. O objetivo da missão israelense era justamente impedir os ataques palestinos com mísseis de fabricação artesanal. Fontes médicas palestinas informaram a morte de outro palestino nos ataques aéreos deste sábado. Uma equipe de resgate também encontrou o corpo de um homem que morreu na quinta-feira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.