Ataque aéreo israelense mata duas pessoas em Gaza

Um avião israelense disparou contra militantes em Gaza que estavam para lançar foguetes contra Israel e mataram dois deles. Israel responsabilizou o Hamas, que controla o território costeiro, dizendo, em comunicado, que o grupo "não está levando adiante a política de moderação das organizações terroristas que operam na Faixa de Gaza".

AE, Agência Estado

05 de julho de 2011 | 16h08

Em outro incidente, militantes de Gaza dispararam contra um veículo do Exército que patrulhava a fronteira no sul de Gaza, ferindo levemente o motorista. Parentes dos homens mortos disseram que eles eram civis e grupos militantes locais não assumiram a responsabilidade pela tentativa de lançamento de foguetes.

Mas os meios de comunicação israelenses, citando fontes que pediram anonimato, disseram que os homens faziam parte de uma pequena facção armada inspirada na Al-Qaeda. Um site militante com ligação com a rede terrorista disse que os homens eram parte de um grupo chamado "Tawhid". Vários grupos inspirados na Al-Qaeda têm surgido em Gaza nos últimos anos. Eles consideram o Hamas muito moderado, apesar da ideologia militante do grupo. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
ataqueIsraelGaza

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.