Ataque aéreo israelense mata três palestinos em Gaza

Pelo menos três milicianos palestinos morreram e outros cinco ficaram feridos hoje quando helicópteros Apache israelenses lançaram três mísseis sobre um centro de treinamento e um automóvel ao sul da Cidade de Gaza, segundo testemunhas e fontes hospitalares.O alvo do ataque foi um edifício das Brigadas dos Mártires de al-Aqsa, o braço armado do movimento nacionalista Fatah, que ficou totalmente destruído, segundo as testemunhas.Os helicópteros dispararam também repetidamente contra um automóvel no qual vários milicianos das Brigadas tentavam escapar do ataque, e que também ficou totalmente destruído.Os feridos foram transferidos ao hospital de Shifa, na Cidade de Gaza.Os atos ocorreram no bairro de Tal al-Hawa, no sul da Cidade de Gaza. O edifício atacado é conhecido como o clube esportivo al-Sham e pertence às Brigadas dos Mártires de al-Aqsa.Fontes de segurança palestinas confirmaram que todas as vítimas eram membros das Brigadas, mas ainda não se divulgaram suas identidades.O Exército israelense reconheceu o ataque aéreo e declarou que o edifício destruído era um centro de treino militar que servia para preparar ataques com foguetes contra território israelense.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.