Ataque aéreo mata 14 pessoas no norte da Síria

Desde o ano passado, já são mais de 45 mil mortos nos choques entre forças governamentais e grupos rebeldes armados

Agência Estado

28 de dezembro de 2012 | 16h38

Um ataque aéreo contra uma cidade no norte de Síria provocou a morte de 14 pessoas, sendo oito crianças e duas mulheres, informaram ativistas contrários ao governo do presidente Bashar Assad. Os ativistas atribuíram o bombardeio a forças governamentais.

Segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos, o bombardeio ocorreu nesta sexta-feira em Safira, 28, ao sul de Alepo. Sob a condição de anonimato, um ativista disse que o governo às vezes bombardeia a cidade porque rebeldes estão atacando um complexo militar em sua periferia.

Desde março do ano passado, quando teve início na Síria uma revolta que converteu-se em guerra civil, mais de 45 mil pessoas já morreram nos choques entre forças governamentais e grupos rebeldes armados que tentam depor Assad. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Síriaviolênciaataquemortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.