Ataque aéreo mata filho mais novo e netos de Khadafi

Saif al-Arab Khadafi e três netos do líder líbio foram mortos em ataque das forças da Otan a vila residencial.

BBC Brasil, BBC

30 de abril de 2011 | 20h21

Um ataque aéreo das forças da Otan na capital da Líbia, Trípoli, matou o filho mais novo do Coronel Muamar Khadafi, Sair al-Arab Khadafi, segundo um porta-voz do governo.

O líder líbio também estava na vila residencial que foi atingido no ataque, na região oeste da cidade, mas não ficou ferido.

Seu filho mais novo, Saif al-Arab Khadafi, de 29 anos, e três de seus netos foram mortos.

De acordo com jornalistas que foram levados ao local, o edifício foi muito danificado e uma bomba ainda não detonada permanece no local.

O porta-voz do governo, Moussa Ibrahim, disse que a vila foi atacada "com força total".

"O líder e sua esposa estavam na casa com outros amigos e familiares. O líder está em boa saúde, não foi ferido", disse.

"Isto foi uma operação direta para assassinar o líder deste país", disse o porta-voz.

Saif al-Arab era o filho mais novo do coronel Khadafi, e estudava na Alemanha.

De acordo com o correspondente da BBC em Trípoli, Christain Fraser, ele estava em Trípoli para o que parecia ser uma reunião de família, em meio aos conflitos.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
libiakhadafiataquefilhootanbombardeio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.