Atef Hassan/Reuters
Atef Hassan/Reuters

Ataque com bombas deixa 19 mortos no sul do Iraque

Três explosões ocorreram em intervalos de minutos em Basra, deixando ao menos 64 feridos

Agência Estado

24 de novembro de 2011 | 16h52

BASRA - A polícia iraquiana disse que 19 pessoas morreram e ao menos 64 ficaram feridas nesta quinta-feira, 24, em um atentado perpetrado com três bombas em um mercado popular em Basra, segunda maior cidade do Iraque e no sul do país.

 

A polícia informou que as três bombas explodiram em intervalos de minutos no mercado e que muitos policiais e soldados do exército estão entre os mortos.

 

O chefe do Conselho da Província de Basra, Ahmed al-Sulaiti, confirmou o incidente. O Ministério do Interior do Iraque, citado pela agência France Presse (AFP), disse que duas bombas explodiram sincronizadas pouco após as 18 horas no mercado. Alguns minutos depois, uma terceira bomba foi detonada.

 

Noufal Hassan, dono de uma loja de celulares nos arredores, disse ter ouvido as duas primeiras explosões no "Mercado dos Ladrões." "Imediatamente saí da minha loja e vi sangue ... Braços, mãos e pernas, corpos espalhados pelas ruas. As lojas mais próximas estavam em ruínas, e carros estavam queimados."

 

Os atentados ilustram a frágil situação da segurança no Iraque a poucas semanas da retirada dos últimos 18 mil soldados dos EUA, encerrando definitivamente uma ocupação militar que durou quase nove anos. Autoridades iraquianas já alertaram que militantes podem intensificar seus ataques com a retirada das tropas norte-americanas. Todos os meses, insurgentes sunitas e milícias xiitas realizam atentados a bomba e de outros tipos. As informações são da Associated Press, da Reuters e da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.