Ataque com bombas em Bagdá deixa 8 mortos

Duas bombas explodiram com uma diferença de minutos diante da casa de um clérigo xiita em Bagdá nesta quarta-feira, deixando oito mortos e 19 feridos na capital iraquiana, segundo a polícia local. Entre os mortos estavam o filho adolescente e a filha do clérigo.

AE, Agência Estado

27 de junho de 2012 | 10h00

Este mês foi particularmente violento no Iraque, com o aumento dos ataques lançados por grupos insurgentes.

O caso de hoje aumentou o número de mortos em atentados no país em junho para pelo menos 183, o mais alto desde janeiro, quando foram registradas 255 mortes.

A escalada na violência é vista com uma tentativa do grupo fundamentalista Al-Qaeda de minar o governo iraquiano após a retirada dos últimos soldados norte-americanos do país, em dezembro do ano passado. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Iraqueviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.