Ataque com explosivos deixa feridos na China

Um ataque envolvendo a colisão de dois veículos e explosões deixaram vários feridos em Urumqi, capital da região de Xinjiang, na China, segundo a agência estatal Xinhua. A ação ocorreu próxima a um estacionamento público e a um mercado a céu aberto.

AE, Agência Estado

22 Maio 2014 | 00h12

"Eu ouvi quatro ou cinco explosões. Estava com muito medo. Vi três ou quatro pessoas no chão", disse Fang Shaoying, dono de um pequeno mercado próximo à cena do ataque. Fotos do local postadas na rede social chinesa Weibo mostraram três pessoas deitadas, com um grande incêndio a uma certa distância, que produziu enormes nuvens de fumaça.

A agência estatal chinesa disse que várias pessoas foram levadas ao hospital, mas não há mais detalhes e não está claro se houve alguma morte. Uma porta-voz para o departamento regional da polícia disse apenas que mais informações serão divulgadas em breve.

No mês passado, Urumqi foi alvo de um ataque com bomba a uma estação de trem que feriu 79 pessoas e matou três, incluindo dois que participaram do ataque. Desde então, a segurança na cidade foi aprimorada.

Os ataques na região têm sido atribuídos ao grupo étnico muçulmano uigur, que é contrário ao governo chinês. A tensão entre chineses e uigurs em Xinjiang se mantém há anos, particularmente desde a revolta de 2009 em Urumqui, quando cerca de 200 pessoas morreram, segundo números oficiais. Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
China xinjiang ataque

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.