Philippe Wojazer / Reuters
Philippe Wojazer / Reuters

Homem mata mãe e irmã a facadas no subúrbio de Paris

Agressor foi morto pela polícia, que está investigando suas motivações; ministro do Interior da França disse que ele tinha 'problemas psiquiátricos'

O Estado de S.Paulo

23 Agosto 2018 | 06h06
Atualizado 23 Agosto 2018 | 12h48

PARIS - Um homem matou a facadas duas pessoas e feriu uma terceira na cidade de Trappes, no subúrbio de Paris, nesta quinta-feira, 23. Ele foi morto por policiais, que estão investigando as suas motivações. Uma fonte próxima à investigação disse que as duas vítimas são a mãe e a irmã do agressor. 

O grupo de elite das forças de segurança francesas atuou para neutralizar o indivíduo, que estava entrincheirado em uma casa. As autoridades não confirmaram se o ato é considerado um ataque terrorista. Contudo, veículos de imprensa locais informaram que o agressor gritou "Allahu Akhbar" (Alá é grande, em árabe) durante a ação.

O grupo jihadista Estado Islâmico (EI) reivindicou autoria da ação. "O autor do atentado na cidade de Trappes é um dos combatentes do Estado Islâmico e executou o ataque em resposta ao apelo para atacar cidadãos dos países da coalizão internacional", afirmou a Amaq, uma rede de propaganda do grupo extremista.

Agentes do departamento de Yvelines confirmaram em sua conta no Twitter que foi realizada uma operação na rua Camille Claudel e pediram aos cidadãos que evitem a região.

Perfil

O ministro do Interior da França, Gérard Collomb, destacou que o agressor tinha "problemas psiquiátricos e que a polícia dá prioridade à hipótese de um conflito familiar". Ele detalhou ainda que o indivíduo, embora fosse fichado por apologia ao terrorismo, responde mais ao perfil de um desequilibrado do que ao de alguém "que responda a organizações terroristas".

Relembre: Por que a França virou alvo de ataques?

O agressor, identificado como Kamel S., nasceu em Trappes em 1982 e, segundo a emissora BFM TV, era depressivo e alcoólatra e havia feito uma denúncia contra sua família por problemas com relação a uma herança que acabou sendo arquivada por ser fantasiosa.

Trappes é um subúrbio parisiense localizado a 30 km da capital francesa. Grande parte de seus 30 mil habitantes têm origem estrangeira e o índice de desemprego na área é duas vezes maior que a média nacional. A região também é conhecida por ser uma das localidades de onde mais jovens (quase 50) saíram para combater nas frentes do EI no Iraque e na Síria, informou o prefeito da cidade. / AFP, AP, WPOST e EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.