Ataque com mísseis dos EUA deixa quatro mortos no Paquistão

Projéteis atingiram casa de insurgente no Waziristão do Sul; não há informação sobre identidade das vítimas

Efe,

14 de setembro de 2009 | 10h39

Pelo menos quatro pessoas morreram e outras quatro ficaram feridas no Paquistão após um ataque com mísseis lançado supostamente por um avião não-tripulado dos EUA na região tribal do Waziristão do Norte, informou nesta segunda-feira, 14, a rede privada de televisão Express TV.

 

Segundo o canal, que não especificou suas fontes, dois mísseis caíram contra a casa de um insurgente na área de Turikhel. A região atacada é considerada um reduto de milicianos e faz fronteira com o Afeganistão.

 

O canal Geo TV, que também não detalhou suas fontes, elevou o número de mortos para oito e acrescentou que o ataque foi dirigido contra um esconderijo da organização Tehrik-e-Taleban do Paquistão (TTP), movimento que aglutina diversas facções taleban no país.

 

No começo da semana passada haviam sido registradas duas ações militares similares dos EUA em um intervalo de dois dias nesta mesma região, deixando um saldo de mais de 15 pessoas mortas, muitas delas supostos insurgentes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.