Ataque comunista deixa um morto e 2 feridos nas Filipinas

Um civil morreu e duas pessoas ficaram feridas, neste sábado, após um ataque de membros do Novo Exército do Povo NEP), braço armado do ilegal Partido Comunista das Filipinas.A ação aconteceu no município de Lian, na província de Batangas, ao sul da capital, Manila. Um dos feridos é militar, enquanto o outro é um civil. A agressão acontece durante o cessar-fogo unilateral declarado pelo Governo em sua luta contra a rebelião comunista durante a Noite do dia 24 de dezembro, véspera de Natal.O Partido Comunista das Filipinas fundou o NEP em 1969. Atualmente, estima-se que o braço armado tenha cerca de 7.200 combatentes.O conflito comunista nas Filipinas causa mortes quase diariamente. Apenas no ano passado foram contabilizados 1.255 confrontos armados, segundo dados oficiais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.