REUTERS/Stringer
REUTERS/Stringer

Ataque contra base militar no Afeganistão deixa mortos e feridos

Autoridades locais atribuem investida a militantes armados do Taleban; pelo menos 10 soldados morreram, 15 ficaram feridos e dezenas foram capturados

O Estado de S.Paulo

14 Agosto 2018 | 02h29

CABUL - Um ataque contra uma base militar no norte do Afeganistão deixou pelo menos 10 soldados mortos e 15 feridos. Segundo autoridades locais, a investida foi conduzida por militantes do Taleban, que teriam capturado dezenas de militares afegãos.

Segundo o chefe do Conselho Provincial de Ghormach, Mohammad Thair Rahmani, o ataque do Taleban durou dois dias. O grupo capturou tanques, munições e soldados afegãos. "Nós ainda não conseguimos entrar na base. Muitas áreas continuam sob o comando do Taleban", disse.

Rahmani confirmou o balanço de mortos e feridos no ataque, mas não especificou quantos soldados foram capturados pelos militantes. Fontes ligadas ao governo local afirmam que número pode chegar a 40. Durante o ataque, pelo menos 30 integrantes do Taleban morreram.

O ataque desta semana ocorre dias depois de uma tentativa de invasão na cidade de Gázni, capital da província homônima ao sul do país. O ataque foi impedido pelas forças do governo afegão e americanas, mas dezenas morreram durante o conflito. //REUTERS

Mais conteúdo sobre:
Taleban Afeganistão [Ásia] terrorismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.