Ataque contra casa de político mata 6 no Paquistão

Um dos mortos seria o próprio chefe da Administração de Kurram, região tribal na fronteira com o Afeganistão

Efe,

27 de dezembro de 2009 | 05h21

Pelo menos seis pessoas morreram e uma ficou ferida neste domingo, 27, na explosão de uma bomba que tinha como alvo a casa de um dirigente político na demarcação tribal paquistanesa de Kurram, na fronteira com o Afeganistão.

 

O ataque foi contra a casa da principal autoridade administrativa do distrito, situado em uma zona conhecida como Sadda Bazaar, segundo a fonte, citada pela emissora Geo TV. Entre os mortos há quatro menores, e uma menina ficou ferida, informou a televisão estatal PTV. Já o canal de TV Dawn disse que as outras duas vítimas fatais são o próprio chefe da Administração de Kurram, Sarfaraz, e sua esposa.

Tudo o que sabemos sobre:
PaquistãoKurram

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.