Ataque contra político mata 10 pessoas nas Filipinas

A polícia das Filipinas informou nesta sexta-feira que cerca de 15 homens armados fizeram uma emboscada contra apoiadores de um político em campanha eleitoral para a prefeitura de uma cidade do sul do país, matando sua filha e outras nove pessoas. O político e outras oito pessoas ficaram feridas.

AE, Agência Estado

26 de abril de 2013 | 01h33

O atual prefeito da cidade de Nunungan, Abdul Manamparan, e seus partidários estavam em um veículo quando sofreram uma embosca em uma remota estrada na quinta-feira, segundo o chefe da polícia da província de Lanao del Norte, Gerardo Rosales. Os atiradores não foram identificados.

Abdul Manamparan está concorrendo a vice-prefeito nas eleições que devem ocorrer no próximo mês. Rosales disse que a filha de Manamparan, Adnanie, e dois parentes estavam entre os mortos. Além disso, outros dois familiares, incluindo uma menina de 15 anos de idade, estavam entre os feridos. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
filipinasviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.