Ataque contra shopping no Quênia deixa 31 mortos

Nairóbi, 21/09/2013 - Subiu para 31 o número de mortos em um ataque terrorista contra um shopping de luxo na capital do Quênia, segundo informações do Centro Nacional de Operações de Desastres. O número ainda deve aumentar, já que as forças de segurança avançam dentro do Westgate Mall em busca dos terroristas, que ainda estariam no shopping.

AE, Agência Estado

21 Setembro 2013 | 17h25

O grupo militante da Somália al-Shabab assumiu a autoria pelo atentado. Em contas na rede de microblogs Twitter, o grupo diz que o governo queniano está tentando negociar com os membros que estão dentro do shopping, mas que "não haverá negociação". O grupo afirma que o número de mortos passa de 100, mas essas informações geralmente são exageradas.

Segundo informações de testemunhas, no atentando deste sábado os insurgentes permitiram que muçulmanos saíssem do shopping antes do ataque. "Os homens armados disseram para os muçulmanos levantarem e saírem, porque eles estavam seguros e os não muçulmanos seriam o alvo", conta Elijah Kamau, que estava no local na hora do ataque. Fonte: Dow Jones Newswires. (Álvaro Campos - alvaro.campos@estadao.com)

Mais conteúdo sobre:
Quêniaatentadomortosatualiza

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.