Ataque da Otan mata pelo menos 87 talebans no Afeganistão

Pelo menos 87 talebans morreram em um ataque de forças da Otan e do Exército afegão contra posições rebeldes na província ocidental de Herat, informou nesta segunda-feira o comando americano. Em comunicado, as forças dos Estados Unidos detalharam que a ofensiva aconteceu no domingo no leste da província e teve uma duração de 14 horas, nas quais "sete posições inimigas foram destruídas e 87 combatentes talebans morreram".A operação aconteceu depois de forças especiais americanas, junto com outros efetivos das tropas internacionais e a Polícia afegã, detectarem "várias posições talebans" ao sul da localidade de Shindand, no leste de Herat.Após estabelecer suas localizações, as forças afegãs e da Aliança lançaram um ataque com fogo de morteiro, granadas e armas leves, antes de chegarem reforços terrestres e aéreos.A batalha não deixou vítimas civis, segundo o comunicado dos EUA. As últimas baixas talebans se somam às de outros 49 rebeldes, entre eles dois líderes insurgentes locais que perderam a vida 48 horas antes em um combate nas proximidades da localidade de Parmakan, também na província de Herat, segundo o comunicado.O comando lembrou que um soldado americano morreu nesse enfrentamento, ocorrido no distrito de Shendan, como anunciou na sexta-feira passada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.