Ataque de drone no Iêmen deixa 18 mortos

Pelo menos 15 supostos militantes da organização fundamentalista islâmica Al-Qaeda e três civis foram mortos por um ataque de drone (avião não tripulado) na província de Baida, na região central do Iêmen, neste sábado, informou uma autoridade de segurança.

Agência Estado

19 de abril de 2014 | 10h57

No momento do ataque, os jihadistas viajavam em um veículo em direção à província de Shabwa, no sul do país, segundo testemunhas. Os três civis estavam em outro veículo próximo.

Os Estados Unidos são o único país que opera drones no Iêmen, mas autoridades norte-americanas raramente discutem o programa sigiloso que mantêm no país. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Iêmenviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.