Ataque de militantes deixa 11 mortos

Um grupo de homens fortemente armados, suspeitos de pertencer à Al-Qaeda, atacou ontem a prisão dos serviços de segurança do Iêmen. Pelo menos 11 pessoas foram mortas no ataque e vários detidos foram libertados. Para os EUA, o Iêmen tornou-se um novo refúgio para os grupos terroristas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.