Ataque de mísseis mata 6 rebeldes no Paquistão

Mísseis mataram seis militantes paquistaneses em uma área tribal do Paquistão, próxima à fronteira do Afeganistão, de acordo com autoridades locais. A suspeita é de que os mísseis foram disparados pelos norte-americanos. Dez pessoas ficaram feridas no ataque mas a expectativa é de que o número de vítimas seja maior.

AE, Agencia Estado

09 de maio de 2009 | 09h57

Os mísseis atingiram a vila de Tabbi Langar Khel, no Waziristão do Sul, no Paquistão, onde a atividade dos militantes é grande. A região do Waziristão do Sul é um estado semiautônomo que funciona como quartel general para o principal comandante do Taleban, Baitullah Mehsud que, recentemente, ameaçou retaliar a explosão de mísseis com ataques nos Estados Unidos. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Paquistãoataques

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.