Ataque de partidários de Kadafi deixa 4 mortos na Líbia

Combatentes leais ao falecido governante líbio Muamar Kadafi entraram em confrontos com as forças do governo da Líbia na cidade de Bani Walid, informaram moradores nesta segunda-feira. Os combates começaram quando soldados do novo governo detiveram um partidário de Kadafi, o que revoltou ex-soldados do governante morto no ano passado, disse o morador Moussa al-Warfali. Pelo menos quatro soldados do novo governo líbio foram mortos, confirmou um porta-voz da brigada revolucionária (o novo governo) em Bani Walid. A cidade fica 140 quilômetros ao sudeste da capital Tripoli e foi uma das últimas a serem tomadas pelos insurgentes que derrubaram Kadafi em outubro do ano passado.

AE, Agência Estado

23 de janeiro de 2012 | 18h33

Mahmoud al-Warfali, porta-voz das brigadas, disse que as tropas do novo governo foram atacadas por cerca de 150 partidários de Kadafi, que levantaram a bandeira verde do falecido governante no portão norte de Bani Walid e passaram a perseguir membros da brigada pela cidade. "Eles são remanescentes das forças de Kadafi que tentaram retomar o controle da cidade", disse Mahmoud al-Warfali. Segundo ele, os partidários de Kadafi não conseguiram tomar o prédio do governo e foram rechaçados.

As informações são da Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.