Ataque de rebeldes maoistas mata 15 pessoas na Índia

Pelo menos 15 pessoas, incluindo 11 homens das forças de segurança, foram mortas na Índia, em um confronto com rebeldes maoistas que tinham invadido uma mina, disse nesta segunda-feira a polícia.

AE-DOW JONES, Agencia Estado

13 de abril de 2009 | 04h07

Cerca de 100 maoistas fizeram reféns empregados de um complexo localizado no Estado de Orissa, onde estão localizadas as maiores minas de bauxita da Ásia.

A polícia suspeita que os rebeldes planejavam roubar explosivos.

"Onze paramilitares morreram durante a troca de tiros", disse o agente da polícia de Orissa Manmohan Praharaj, acrescentando que foram encontrados também quatro corpos de maoistas. "Todos os prisioneiros civis estão a salvo", ressaltou o policial.

O primeiro-ministro indiano, Manmohan Singh, descreveu os maoistas como a maior ameaça à segurança do país.

Tudo o que sabemos sobre:
Índiaataquemortos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.