Ataque de suposto drone mata 4 militantes no Iêmen

Um ataque de um suposto drone (avião não tripulado) dos Estados Unidos matou quatro militantes da Al-Qaeda neste sábado em uma província do sul do Iêmen antigamente controlada pelo grupo, de acordo com autoridades de segurança. Os funcionários disseram que o ataque ocorreu durante o amanhecer em uma área chamada de Deyqa, na província de Abyan.

Agência Estado

18 de maio de 2013 | 18h13

As forças do Iêmen confrontaram a Al-Qaeda na província de Abyan no ano passado, expulsando os militantes das principais cidades que o grupo tomou durante a turbulência política de 2011 no país. Os militantes fugiram para as áreas montanhosas da região após os militares iemenitas, apoiados pelo EUA, forçá-los a recuar.

De acordo com diversos grupos de pesquisa e com a própria reportagem da Associated Press, tem havido um aumento expressivo de ataques de drones no Iêmen desde que o novo presidente, apoiado pelos americanos, assumiu o poder no começo do ano passado. Washington alega que a Al-Qaeda no Iêmen está entre os grupos mais poderosos e perigosos do mundo. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
IêmenAl-Qaedadronemorte

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.