Ataque de supostos talibãs deixa feridos em Cabul

Um guarda de segurança morreu e outros dois ficaram feridos ao serem atacados por dois supostos guerrilheiros talibã enquanto protegiam a construção de uma estrada ao norte da cidade de Kandahar (sul do Afeganistão), nesta madrugada. Haji Mohammed Yousif, diretor da Tawado, a empresa afegã de financiamento americano que constrói a estrada entre as províncias de Kandahar e Hilmand, informou que os agressores ainda queimaram 14 veículos. O ataque aconteceu perto de onde quatro soldados canadenses morreram ontem no pior ataque feito pelos insurgentes contra soldados desta nacionalidade desde que chegaram ao Afeganistão, há quatro anos. Por outro lado, o Exército afegão, em colaboração com as forças dos EUA, deteve ontem 16supostos militantes talibãs na província de Zabul, ao norte de Kandahar, informou a EFE o comandante do Exército afegão para as províncias do sul, Rahmatullah Raoufa.

Agencia Estado,

23 Abril 2006 | 06h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.