Pete Muller/AP Photos
Pete Muller/AP Photos

Ataque de tribo árabe mata 20 policiais no Sudão do Sul

Confrontos acontecem ao mesmo tempo em que sudaneses votam por independência da região

Associated Press

10 de janeiro de 2011 | 11h43

JUBA - O porta-voz dos militares do Sudão do Sul informou nesta segunda-feira, 10, que 20 policiais morreram e mais de 30 ficaram feridos em dois confrontos na disputada região de Abyei. Os ataques foram realizados por tribos e milícias árabes.

 

O Coronel Philip Aguer disse acreditar que as tribos árabes recebem apoio militar do norte do Sudão. Aguer disse que os policiais foram atacados armas anti-tanque e artilharia.

 

Aguer diz que o ataque aconteceu no domingo, o dia em que o Sudão do Sul começou a votação do referendo que decidirá a independência da parte do sul do país, criando o mais novo país do mundo.

 

Abyei, que fica na fronteira entre o sul e o norte, espera ter um voto de autodeterminação em separado, mas seu futuro está sendo decidido no momento em negociações entre o norte e o sul.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.