Ataque deixa 21 mortos no Congo, diz rádio da ONU

Rebeldes hutus realizaram emboscada contra caminhão para saquear carga

AE, Agência Estado

17 de novembro de 2010 | 11h03

KINSHASA - Rebeldes hutus ruandeses mataram 21 pessoas em uma emboscada contra um caminhão na instável região leste do Congo, informou nesta quarta-feira, 17, uma emissora de rádio da Organização das Nações Unidas (ONU).

 

Os rebeldes atacaram o caminhão na terça, quando o veículo passava pela província de Walikale e mataram todos seus passageiros para, em seguida, saquear a carga, informou a rádio Okapi.

 

A região tem sofrido com violência desde o genocídio de 1994 em Ruanda, que desatou conflitos que cruzaram a fronteira. As milícias hutus que participaram das matanças de mais de 500 mil tutsis e hutus moderados em Ruanda se refugiaram no Congo.

Em Walikale também houve nos últimos meses incidentes violentos e centenas de violações em massa. A ONU registrou 303 violações de civis entre 30 de julho e 2 de agosto. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
CongorebeldesataqueONU

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.