Ataque deixa cinco pessoas mortas no Afeganistão

Rebeldes supostamente ligados ao grupo fundamentalista islâmico Taleban atacaram veículos que chegavam a uma repartição pública afegã na calada da noite, informou hoje uma autoridade local. O ataque ocorreu apenas algumas horas depois de uma explosão ter matado quatro soldados americanos que viajavam em veículo militar, em um dos mais graves ataques contra tropas dos Estados Unidos desde o fim da guerra que derrubou o Taleban, no fim de 2001. Os supostos membros do Taleban entraram na cidade de Musa Qala, 240 quilômetros a sudoeste de Cabul, no fim da noite de ontem. Eles abriram fogo contra a sede do governo local, disse o prefeito mulá Amir Aghunzada. Segundo ele, quatro dos 30 soldados que defendiam o complexo morreram e oito ficaram feridos. Dos rebeldes, um morreu, quatro foram capturados e três foram feridos. Ainda hoje, um porta-voz do governo afegão informou que a polícia afegã libertou um homem suspeito de tentar recrutar estudantes para atentados suicidas contra soldados estrangeiros. Interrogadores concluíram que o homem libertado ontem em Cabul é inocente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.