Ataque deixa seis membros das forças de segurança mortos

Ministério do Interior acusa a insurgência taleban da autoria do ataque

EFE

23 de agosto de 2009 | 07h25

Pelo menos seis membros das forças de segurança afegãs morreram por causa da explosão de uma bomba durante a passagem do veículo no qual viajavam no norte do Afeganistão, informou neste domingo o Ministério do Interior.

 

Um chefe das forças especiais de ação rápida da Polícia afegã e cinco de seus guarda-costas que viajavam a bordo de um automóvel perderam a vida no sábado como consequência da explosão de uma bomba colocada em uma estrada no distrito de Markazi, na província de Baghlan (norte), segundo um comunicado oficial.

 

O Ministério do Interior acusa a insurgência taleban da autoria do ataque. Os talebans, que têm seus principais redutos nas províncias meridionais de Helmand e Kandahar, intensificaram seus ataques contra as forças de segurança no norte do país nos últimos dias.

 

Durante as eleições presidenciais, realizadas na quinta-feira passada, pelo menos 21 talebans e um chefe de Polícia perderam a vida em um combate que se desencadeou depois que os insurgentes atacassem um posto de controle das forças de segurança em Baghlan.

Tudo o que sabemos sobre:
AFEGANISTÃOATAQUE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.