Ataque deve ser discutido pelas Coreias e não ONU, diz Norte

O vice-embaixador da Coreia do Norte na Organização das Nações Unidas (ONU) disse na terça-feira que o incidente perto da fronteira entre as duas Coreias deverá ser discutido entre os dois países, e não pelo Conselho de Segurança.

REUTERS

23 de novembro de 2010 | 16h27

"Não deve ser discutido pelo Conselho de Segurança, mas deve ser discutido entre o Norte e o Sul", afirmou à Reuters o enviado Pak Tok-hun.

A Coreia do Norte fez dezenas de disparos de artilharia contra uma ilha sul-coreana na terça-feira, matando dois soldados, em um dos ataques mais pesados contra o país vizinho desde que a Guerra da Coreia chegou ao fim, em 1953.

(Reportagem de Louis Charbonneau)

Tudo o que sabemos sobre:
ONUCOREIANENVIADO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.