Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE
REUTERS/Hosam Katan
REUTERS/Hosam Katan

Ataque do governo sírio deixa 28 mortos, diz grupo ativista

Helicópteros lançaram bombas em um bairro de Alepo, segundo o Observatório Sírio pelos Direitos Humanos

O Estado de S. Paulo

12 de maio de 2015 | 21h29

DAMASCO - Ativistas da Síria afirmaram que helicópteros do governo lançaram nesta terça-feira bombas em um bairro na cidade de Alepo, no norte do país, matando pelo menos 28 pessoas. O ataque deixou ainda 30 feridos no bairro de Jisr al-Haj, informou o Observatório Sírio pelos Direitos Humanos.

O grupo internacional humanitário, Handicap International, afirmou que a violência na Síria ameaça a vida de 5,1 milhões de pessoas, incluindo 2 milhões de crianças. Segundo o grupo, as armas explosivas são as mais usadas na Síria. A Handicap International alerta sobre o risco para os civis, já que 75% desses incidentes violentos ocorrem em áreas povoadas.

O conflito na Síria já matou mais de 220 mil pessoas desde março de 2011. / Associated Press.

" SRC="/CMS/ICONS/MM.PNG" STYLE="FLOAT: LEFT; MARGIN: 10PX 10PX 10PX 0PX;

Tudo o que sabemos sobre:
Síriaviolência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.