Shamil Zhumatov/Reuters
Shamil Zhumatov/Reuters

Ataque do Taleban deixa ao menos 18 mortos no Afeganistão

Dois policiais estão entre as vítimas; atentado suicida teve como alvo centro comercial e deixou 32 feridos

Efe,

26 de fevereiro de 2010 | 02h39

Pelo menos 18 pessoas morreram e 32 ficaram feridas - incluindo estrangeiros - em decorrência de um atentado suicida e de um tiroteio realizado por um grupo de supostos insurgentes que atacaram um centro comercial do centro de Cabul, informaram nesta sexta-feira, 26, fontes policiais e do Ministério da Saúde afegão.

 

O ataque começou às 6h30 locais, quando dois suicidas detonaram as bombas que carregavam junto a um hotel e a um restaurante, disse o chefe do Departamento de Investigação Policial, Abdul Ghafar Sayedzada. Segundo o policial, outros dois insurgentes entraram no centro comercial Safi Landmark, que fica ao lado do hotel e é muito frequentado por estrangeiros, e iniciaram um tiroteio contra policiais, que conseguiram matá-los.

VEJA TAMBÉM:
especial Especial: 30 anos de violência

 

Em declarações ao portal afegão de notícias Quqnoos, várias testemunhas disseram ter visto os cadáveres de três afegãos e de quatro indianos, mas a fonte do Ministério da Saúde não confirmou as nacionalidades dos estrangeiros mortos. Nos primeiros contatos com jornalistas, Sayedzada afirmou que dois policiais morreram e outro ficou ferido durante o ataque.

 

O ataque foi reivindicado por um porta-voz do Taleban, que disse à agência afegã AIP que os suicidas estavam com armas e coletes explosivos e confirmou que seu alvo era o centro comercial.

 

"Não sei que está acontecendo. Escutamos o som de uma forte explosão e depois começou um grande tiroteio, que fez nossa casa tremer", disse à AIP um morador da zona. Os estabelecimentos atacados ficam junto à praça Ansar no centro da cidade, região com várias hospedarias, pequenas lojas e restaurantes.

 

Cabul, que tem forte presença de tropas estrangeiras e desdobramento policial, foi palco de vários atentados suicidas e ataques com projéteis contra edifícios importantes nos últimos dois anos. O último grande ataque aconteceu no último dia 18 de janeiro, em ação de comandos do Taleban em vários pontos no centro da cidade, causando a morte de 12 pessoas enquanto os membros do novo Governo afegão assumiam seus cargos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.