Ataque dos EUA a edifício de Ramadã mata 12 e fere 21

Pelo menos 12 pessoas morreram nesta quinta-feira e outras 21 ficaram feridas no bombardeio de aviões americanos contra um edifício residencial na cidade de Ramadã, 110 quilômetros ao oeste de Bagdá, informaram à EFE fontes policiais e testemunhas.As fontes policiais explicaram que o bombardeio ocorreu às 6h45 (23h45 de quarta-feira em Brasília) contra um edifício no bairro de Al-Aziziya, após graves confrontos entre tropas dos EUA e supostos insurgentes sunitas nas ruas da cidade. O bombardeio também causou danos materiais em 14 lojas próximas ao edifício atacado, acrescentaram as fontes.Uma testemunha que pediu para não ser identificada disse à EFE que as tropas americanas impediram a entrada de ambulâncias e de veículos de proteção civil nas imediações do edifício atacado, por isso os moradores tiveram que levar as vítimas para os hospitais em carros particulares.Após o ataque, as forças americanas realizaram operações nos bairros de Al Malaab, Al Iskan e Al Yumaa, todos situados no sudoeste de Ramadã, cidade considerada um dos principais redutos da insurgência.O comando militar americano não confirmou nem desmentiu esta informação.O ataque cometido nesta quinta-feira em Ramadã faz parte de uma série de ofensivas lançadas nos últimos dias pelas tropas dos Estados Unidos contra esconderijos de supostos insurgentes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.