Ataque dos EUA com mísseis mata 20 no Paquistão

Dois mísseis caíram em um campo de treinamento próximo à cidade de Ladha, próxima à fronteira afegã

Efe,

27 de outubro de 2008 | 06h53

Pelo menos 20 pessoas morreram, entre elas um dirigente fundamentalista, em um ataque com mísseis, atribuído aos Estados Unidos, contra uma suposta base insurgente nas áreas tribais paquistaneses na fronteiriça com o Afeganistão, informou nesta segunda-feira, 27, o canal Dawn Tv. O ataque aconteceu neste domingo no distrito do Waziristão do Sul, um dos principais redutos insurgentes, e foi perpetrado por aviões americanos não tripulados, segundo fontes citadas pelo canal de televisão Geo TV. Dois mísseis caíram em um campo de treinamento próximo à cidade de Ladha, próxima à fronteira com o Afeganistão. Entre os mortos está supostamente o dirigente Hari Omar Khan, considerado próximo ao taleban Jalaludin Haqqani.

Tudo o que sabemos sobre:
Paquistãoataque dos EUAEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.