Ataque dos EUA mata 8 supostos rebeldes no Paquistão

Um ataque dos Estados Unidos com mísseis destruiu hoje um local suspeito de ser um esconderijo do Taleban no noroeste do Paquistão e matou pelo menos oito supostos militantes, disseram funcionários do setor de segurança paquistanês. Foi o segundo ataque do tipo realizado pelos EUA em 48 horas.

AE, Agência Estado

26 de abril de 2010 | 09h39

Três mísseis atingiram o local em Khushali Toorkhel, 25 quilômetros a leste de Miranshah, principal cidade do Waziristão do Norte, perto da fronteira afegã. "Oito militantes foram mortos e vários outros ficaram feridos no ataque", disse um funcionário de segurança. Inicialmente, os funcionários citaram que havia quatro mortos no ataque, mas depois elevaram o número de vítimas.

Funcionários de segurança do Paquistão afirmaram que a maioria dos mortos era de militantes da tribo Mehsud, do vizinho Waziristão do Sul. Os EUA têm ampliado este ano seus ataques com aviões não tripulados no Waziristão do Norte. O último deles, no sábado, matou sete militantes. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
PaquistãoEUAataquemilitantes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.