Ataque em Alepo mata ao menos 40 pessoas

Ataques aéreos em torno da cidade síria de Alepo, no norte do país, mataram pelo menos 40 pessoas ontem, a maior parte delas civis, disse o Observatório Sírio de Direitos Humanos. O grupo de monitoramente ligado à oposição disse que houve pelo menos seis ataques sobre Aleppo e cidades próximas. Dezenas de pessoas ficaram feridas, informou o grupo. Alguns dos ataques nas redondezas de Tareeq al-Bab pareciam ter como alvo uma base rebelde, mas em vez disso os foguetes caíram sobre uma rua movimentada.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.