Ataque em base da União Africana mata três na Somália

Três pessoas morreram após um atentando suicida à bomba na base de manutenção de paz da União Africana (UA) da capital da Somália hoje, divulgou a entidade em nota à imprensa.

AE, Agência Estado

30 de maio de 2011 | 20h26

Incidentes em outras quatro bases inicialmente foram creditados a ataques similares, mas depois foram classificados como alarmes falsos, disse um diplomata de Nairóbi.

A nota dizia que os suicidas se dirigiram a uma base importante da UA e provocaram um tiroteio com os soldados, mas não conseguiram entrar no local. Três supostos agressores foram atingidos. Dois soldados da UA e um membro de uma milícia aliada ao governo foram mortos quando um dos agressores explodiu.

A milícia islâmica al-Shabab, ligada à Al-Qaeda, frequentemente realiza ataques suicidas contra o governo e soldados da UA. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
bombaataquesuicidamortesSomália

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.