Al-Ekhbaria / AFP
Al-Ekhbaria / AFP

EI assume autoria de ataque que matou 15 pessoas em mesquita na Arábia Saudita

Uma bomba explodiu matando 12 policiais e três trabalhadores; outras nove pessoas ficaram feridas

O Estado de S. Paulo

06 de agosto de 2015 | 12h14

CAIRO - O grupo jihadista Estado Islâmico (EI) assumiu autoria pelo atentado contra uma mesquita nesta quinta-feira, 6, na cidade de Abha, na Arábia Saudita. Uma bomba explodiu no local matando ao menos 15 pessoas, sendo 12 policiais e três trabalhadores locais, segundo o Ministério do Interior.

Em um breve comunicado, cuja veracidade não pôde ser comprovada, o grupo assegura que um de seus membros conseguiu "evitar os controles de segurança" e detonar na mesquita o cinto de explosivos que levava junto ao corpo. A nota identifica o suicida como Abu Sinan Al Naydi.

De acordo com o major Mansour al-Turki, porta-voz do Ministério, outras nove pessoas ficaram feridas, três delas estão em estado grave.

A bomba tinha como alvo os policiais, que estavam no meio de uma oração. O ataque foi o mais mortal contra as forças de segurança sauditas desde que o Estado Islâmico começou a atacar a Arábia Saudita no ano passado. /ASSOCIATED PRESS, EFE e REUTERS


Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.