Ataque em restaurtante da capital do Mali deixa pelo menos 5 mortos

Um ataque realizado neste sábado contra um restaurante popular entre expatriados na capital do Mali, Bamako, deixou pelo menos cinco mortos, dentre eles um francês e um belga.

Estadão Conteúdo

07 Março 2015 | 08h13

França e Bélgica condenaram o ataque ao restaurante La Terrasse. Os Ministérios de Relações Exteriores dos dois países confirmaram a morte de cidadãos de seus países.

O ministro de Relações Exteriores belga, Didier Reynders, criticou o "covarde ato de terror" e seu homólogo francês Laurent Fabius declarou que "tudo deve ser feito para encontrar os responsáveis por este crime".

O gabinete do presidente francês François Hollande disse em comunicado que cinco pessoas foram mortas e outras ficaram feridas no restaurante e que a segurança havia sido reforçada nas proximidades de instalações francesas no Mali.

O documento diz que a embaixada estabeleceu uma célula para crises que vai ajudar os expatriados em Bamako. Hollande declarou que vai se reunir com o presidente do Mali, Ibrahim Boubacar Keita, para demonstrar seu apoio, assim como o líder malinês visitou Paris para mostrar sua solidariedade após o ataque ao jornal satírico Charlie Hebdo, em janeiro.

Durante uma operação militar no início de 2013, forças francesas expulsaram grande parte dos militantes ligados à Al-Qaeda que ocupavam uma grande área no nordeste do Mali. A operação militar na região continua e esporádicos combates ainda acontecem no local. Episódios de violência são raros em Bamako, apesar dos conflitos no norte do país. Fonte: Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.