Ataque fere seis crianças em escola da China

Um ataque a uma escola primária no sudeste da China deixou sete feridos na última terça-feira, segundo autoridades do governo da cidade de Maoming, na província de Guangdong. Segundo uma porta-voz do governo local, um suspeito foi preso após o ataque e as sete vítimas estavam em condição estável.

Agência Estado

22 de maio de 2013 | 10h34

O ataque ocorreu na saída da escola, quando os alunos retornavam para casa, na tarde de terça-feira (21), num vilarejo na periferia da cidade.

A polícia local recuperou uma faca usada no ataque e deteve um suspeito cerca de dez horas após o ataque. Em comunicado, o homem foi identificado como um doente mental de 32 anos.

A China vem enfrentando uma série de ataques, em alguns casos fatais, a escolas infantis nos últimos anos. Em muitos casos, a polícia responsabilizou doentes mentais. Isso tem destacado o que críticos afirmam ser uma falta crônica de diagnóstico e tratamento de doenças mentais na China, além de pressões crescentes sobre uma sociedade cada vez mais urbanizada e rápidas mudanças econômicas.

No pior ataque mais recente, um homem feriu 23 crianças em dezembro do ano passado na província de Henan, na região central da China. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
CHINAATAQUEESCOLA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.