Ataque israelense mata seis civis

Pelo menos seis civis morreram hoje e outros cinco ficaram feridos em um ataque aéreo israelense nas proximidades de Sidon, cerca de 40 quilômetros ao sul de Beirute.Segundo o relato da Polícia, aviões de combate israelenses lançaram um míssil contra uma casa habitada por 11 pessoas na localidade de Ansar, vizinha ao porto de Sidon.Meia hora depois, enquanto as equipes de resgate trabalhavam entre os escombros, a aviação israelense realizou um novo bombardeio, afirmaram as fontes.A cidade de Sidon amanheceu no sábado infestada de panfletos do Exército israelense, que pedia aos moradores que abandonassem suas casas, já que considerava que membros do grupo xiita Hesbollah escondidos entre a população.Ao leste do país, na região de Baalbeck, os caças-bombardeirosisraelenses atacaram várias estradas que ligam o vale às montanhasdo Líbano.Além disso, foram bombardeados alvos no norte de Beirute e destruídas duas pontes na província de Akkar, próxima da fronteira cm a Síria. Até o momento, não foi informado se estes ataques deixaram vítimas.O primeiro bombardeio israelense inutilizou uma parte da estrada que liga as montanhas a Beirute, nas proximidades da localidade cristã de Zahle, cerca de 50 quilômetros ao norte da capital.O segundo aconteceu um quilômetro ao oeste e o terceiro na estrada entre o Monte Líbano, Beka e o litoral do país. Além disso, um bombardeio deixou inutilizada a estrada que passa por Ainata e leva aos famosos cedros do Líbano.Por último, os aviões israelenses atacaram seis alvos vinculados à Frente Popular de Libertação da Palestina-Comando Geral (FPLP-CG) na localidade de Qusaya-Kfar Zabad, no vale de Beka.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.