Ataque israelense na fronteira Síria-Líbano mata 23

Pelo menos 23 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas em um ataque israelense contra uma área agrícola próxima à cidade de Baalbeck, na fronteira entre o Líbano e a Síria, confirmou à agência de notícias Efe o ministro do Interior libanês, Ahmed Fatfat. Fontes de segurança citadas por televisões locais elevam o número de mortos para 33 e afirmam que os aviões israelenses abriram fogo contra um caminhão de frutas. O ataque ocorreu de dia na localidade de Qaa, situada cerca de 50 quilômetros ao noroeste de Baalbeck, em pleno coração do Vale do Bekaa, um dos principais redutos das milícias do grupo xiita libanêsHezbollah. Segundo o relato das testemunhas, o alvo da aviação israelense foi um grupo de cerca de 25 trabalhadores agrícolas, a maioria deles curdos e sírios, que carregavam um caminhão de frutas e hortaliças.Cerca de quinze feridos foram levados para hospitais na Síria, confirmou o ministro. Israel levou hoje a guerra às regiões mais ao norte no Líbano, até o momento longe da frente de combate, e destruiu quatro viadutos estratégicos que isolaram a capital do norte do país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.