Ataque liderado pelos EUA mata 76 civis no Afeganistão

O Ministério do Interior do Afeganistão afirmou hoje que um bombardeio lançado pela coalizão liderada pelos Estados Unidos matou 76 civis no oeste do país, sendo 19 mulheres e 50 crianças com idades inferiores a 15 anos. Já a coalizão norte-americana afirmou que 30 militantes foram mortos. A porta-voz dos militares americanos, a tenente-coronel Rumi Nielson-Green, diz que uma verificação completa foi feita ontem em campo após a batalha, no distrito de Shindand, província de Herat, e que a coalizão matou 30 militantes, incluído um líder do grupo fundamentalista Taleban. O porta-voz do Ministério da defesa do Afeganistão, o general Mohammed Zaher Azimi, confirmou a batalha, mas disse que cinco dos 30 mortos eram civis. O ministério chamou o bombardeio de "erro."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.